Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

My Books News

My Books News

Leituras de Setembro

IMG_20211010_101122_743.jpg

Isto de ler das estantes tem as suas vantagens, nomeadamente ir juntando os livros lidos e ver a progressão das leituras do mês.

 

A águia do império - Simon Scarrow

Comprei os 6 primeiros livros da série, com a exceção do 3, numa edição maravilhosa. Comprei-os pela capa, confesso. Ainda por cima, foram uma pechincha.

Decidi, finalmente, começar a ler para os vender, porque é o tipo de livros que se lê um vez. Mais, se se não gostasse, colocava já à venda.

Mas a verdade é que gostei imenso. É um livro rápido que nos transporta para os campos de batalha dos exércitos romanos, nas suas tentativas de conquista da Britânia. O centro da história é o jovem Quintus Cato, mais letrado que soldado, que tenta sobreviver e manter a sua honra, seja na parte física, seja nas intrigas que o circundam.

 

A manhã do mundo - Pedro Guilherme-Moreira

Não sei se foi uma questão de timming, mas não gostei e desisti a meio do livro.

 

A Morgadinha dos Canaviais - Júlio Dinis

Continuo as minhas leituras de Júlio Dinis. A Morgadinha dos Canaviais é deliciosamente Júlio Dinis. Quando leio JD, fico sempre com a sensação que é Eça de Queiróz com mel. :)

A Morgadinha dos Canaviais é uma das obras que me sugeriram, quando pedi recomendações, mas não será a última leitura do autor.

Encontrei uma adaptação da RTP com São José Lapa, Virgílio Castelo, Eunice Munoz, Curado Ribeiro entre outros. É claro que tenho de ver.

 

Truman Capote - A sangue frio

Primo Levi - Se isto é um homem

 

A doce pomba morreu - Barbara Pym

Se a memória não me falha, é a primeira obra que leio de Barbara Pym. O título é uma citação de um poema "I Had a Dove", de John Keats.

Leonora Eyre, é uma mulher de meia-idade que vive num mundo em que é centro das atenções. Vive dependente (emocionalmente) das atenções de homens que lhe levam presentes, a eventos e atenções. E é nesse espelho de atenções que se vê.

Porém, o espelho é muito diferente, quando se vê pelos olhos de um homem mais jovem, que se torna o alvo dos seus afectos.

 

Afonso, O Conquistador - Maria Helena Ventura

Adorei. Maria Helena Ventura imagina um Afonso marcado pelo desamor da mãe e algo estoico. É um super-homem que comete alguns erros, e que vai de encontro à lenda do rei conquistador/herói.

Assumi perfeitamente que iria ficar-me pela lenda e resistir à tentação de confirmar factos históricos.

Foi assim que me vi embalada pela história/História e a desejar imenso ter O Cerco de Lisboa de José Saramago. Seria uma sequência de leitura perfeita.

A autora, que é nova para mim, tem uma linguagem convincente que nos transporta para a idade média. Tão convincente que provavelmente irei ler outros da série.

 

Também reli os volumes 3 e 4 de Saga, de Brian K. Vaughan e Fiona Staples

 

Em suma, Setembro foi um mês com leituras diversas e muito interessantes. Uma mistura de clássicos para a vida e descartáveis, de leituras que foram um prazer e outras que foram uma dolorosa experiência, pese embora, uma importante experiência.

 

Que Outubro seja tão bom. Não peço mais.

Leituras de Agosto

Capturar.JPG

Klara and the Sun, de Kazuo Ishiguro

Em Agosto terminei Klara and the Sun, (audio/Scribd, velocidade 1.2x). Foi a minha primeira leitura do nobel da literatura, mas gostei tanto que irei voltar a ele, certamente.

 

Klara é uma boneca com inteligência artificial, destinada a ser uma companhia para uma criança. Todavia esta boneca destaca-se pela sua curiosidade e capacidade de observação do mundo que a rodeia e os humanos que o habitam.

 

 #AgostoAoQuadrado 

Participei no  #AgostoAoQuadrado com uma releitura de Blankets de Craig Thompson, a leitura de Orquídea de Jonathan Cosey e de dois livros da série de banda desenhada Peter Pan, de Régis Loisel.

Sem querer, acabei por ler 4 livros com temas fortes como o assédio sexual, trauma, abandono familiar e famílias disfuncionais. 

 

Blankets de Craig Thompson é tão bom quando me lembrava.

Mas a surpresa foi o primeiro livro de Peter Pan, que parece saído de uma Londres de Dickens, pela forma como reflecte a pobreza e como as crianças eram um alvo fácil.

Decididamente, este Peter Pan não é adequado a um público infanto-juvenil.

Capturar.JPG

Ainda estou a terminar o Se isto é um homem - Primo Levi.

Confesso que fiz batota. Tenho ideia (lido algures) que foi proibido na URSS, pela forma como retrata os soldados russos e um dos contos de Primo Levi foi recentemente censurado no Irão.

Pareceu-me adequado, ligar os clássicos à censura no séc. XXI.

Mais sobre mim

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

subscrever feeds

SCRIBD - 1 mês grátis para mim e 2 para vós

Se decidirem fazer uma inscrição grátis no SCRIBD, poderiam utilizar o meu convite? Eu receberei 1 mês grátis e a/o convidada/o receberá 2 meses grátis, em vez dos habituais 30 dias grátis.https://www.scribd.com/g/62ck8b