Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

My Books News

My Books News

Primeira leitura de 2024: Frederico Lourenço - Pode um desejo imenso

03.01.24

livro1 1 2024.jpg

O plano é que fosse a última leitura de 2023, mas a má gestão de tempo (e não a falta dele), fez com que fosse a primeira de 2024.

Li-o numa noite, graças às 160 páginas e o facto de ter desistido à terceira de consultar o dicionário. Pode um desejo imenso, é um livro delicioso de Frederico Lourenço e absolutamente viciante.

Estranhamente, este livro que é um misto de romance e ensaio sobre Camões (o nosso menino faz 500 anos, em 2024), compele-nos a não parar de ler. Mas é também uma leitura algo desconfortável, por se tratar de uma história de amor de um professor de 40 anos, pelo seu aluno de 20 anos. 

Num mundo pós-Boaventura/CES, é impossível não associar partes da história (que não irei revelar para não estragar a leitura a ninguém) como sinais vermelhos. Por isso, apesar de tudo, fiz uma leitura defensiva. 

Infelizmente, na minha biblioteca só tinha a versão da Cotovia que é, comparando com a nova edição, a primeira de três partes de um romance. Por isso, fico com um desejo imenso de ler a nova edição.

OIP (2).jpg 

Pode Um Desejo Imenso, Frederico Lourenço - Livro - Bertrand

Pode Um Desejo Imenso - Livro - WOOK

 

Mais estranho ainda (é um estranho efeito que este autor ter sobre mim - leiam a sua página de Instagram e irão perceber), fiquei com um desejo imenso de ler Camões. As paixões literárias de Frederico Lourenço são contagiantes.

 

Pode um desejo imenso
                  Luís de Camões

Pode um desejo imenso
arder no peito tanto
que à branda e à viva alma o fogo intenso
lhe gaste as nódoas do terreno manto,
e purifique em tanta alteza o esprito
com olhos imortais
que faz que leia mais do que vê escrito.

(...)

 

Conteúdo selecionado para o artigo “11+ livros incríveis para celebrar o Dia Mundial do Livro”, publicado no blog da editora educativa Twinkl.