Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

My Books News

My Books News

Palestina / PEN

10.06.24

Este é mais um dos muitos textos esquecidos na minha pasta de rascunhos, que nunca viram a luz do dia.

 

A notícia dava conta que a organização PEN America recebeu bastantes críticas, por não defender suficientemente os direitos dos escritores palestinianos.

Mais de mil escritores norte americanos assinaram uma carta, exigindo um posicionamento oficial sobre a morte de 225 intelectuais palestinianos em Gaza.

Em resposta, muitos escritores retiraram suas candidaturas a prémios do PEN America, levando ao cancelamento da cerimónia deste ano.

Para ficarem com uma ideia, do prémio Jean Stein de 75 mil dólares, 9 dos 10 nomeados, retiraram a sua nomeação e este será doado a uma instituição de caridade palestina, respeitando o apoio da falecida escritora à causa palestina.

Porque a lista é muito longa, pedi ao ChatGPT que destacasse os mais conhecidos e este foi o resultado:

Roxane Gay: Uma das autoras mais influentes e bem-sucedidas da atualidade, Roxane Gay é conhecida por suas obras de não-ficção como "Bad Feminist" e o livro de memórias "Hunger". Suas obras abordam temas como feminismo, raça, corpo e cultura popular.

Curiosamente, nunca vi uma publicação a favor de um/a autor/a palestino/a na sua altamente curada página de Instagram.

Jesmyn Ward: Autora premiada e aclamada pela crítica, Jesmyn Ward escreveu romances como "Salvage the Bones", vencedor do National Book Award, e "Sing, Unburied, Sing", que também ganhou o National Book Award. As suas obras geralmente exploram as vidas dos afro-americanos no sul dos Estados Unidos.

Carmen Maria Machado: Conhecida pelo seu aclamado livro de contos "Her Body and Other Parties", que foi finalista do National Book Award, e pelo seu livro de memórias "In the Dream House", que aborda a violência doméstica em relacionamentos LGBTQ+.

Kiese Laymon: Autor de "Heavy: An American Memoir", um livro que recebeu vários prêmios e elogios pela sua honestidade brutal e escrita poderosa sobre questões de raça, peso e masculinidade na América.

Fatimah Asghar: Poeta e escritora, conhecida pelo livro de poesia "If They Come for Us" e pela co-criação da série de televisão "Brown Girls", que foi aclamada pela crítica e nomeada para um Emmy.

Alexander Chee: Autor de romances como "The Queen of the Night" e "Edinburgh", Chee é amplamente elogiado por sua prosa lírica e pela exploração de temas complexos de identidade, história e sexualidade.

Saeed Jones: Poeta e autor do livro de memórias "How We Fight for Our Lives", que ganhou o Kirkus Prize for Non-Fiction. Jones aborda temas de identidade, raça e sexualidade com profundidade e clareza emocional.

Mira Jacob: Autora de "The Sleepwalker's Guide to Dancing" e do inovador livro de memórias gráfico "Good Talk: A Memoir in Conversations", que explora questões de raça, identidade e pertença na América contemporânea.

Akwaeke Emezi: Um dos autores mais proeminentes da nova geração, Emezi escreveu "Freshwater" e "The Death of Vivek Oji", explorando temas de identidade, espiritualidade e sexualidade com uma voz única e poderosa.

Tommy Pico: Poeta conhecido por seus livros como "IRL", "Nature Poem" e "Junk", Pico traz uma perspectiva contemporânea e inovadora para a poesia, abordando temas de identidade, modernidade e cultura nativa americana.

 

Não estava a contar que a AI destacasse @s autor@s com um resumo tão interessante. Parece que tenho mais uma lista para a minha TBR.

7 comentários

Comentar post